Aprenda Inglês Cantando com U2 “Sometimes We Can’t Make It On Our Own”

Clique aqui p/ comprar.

Quando ouço uma música pela primeira vez, eu não saco a letra de cara. Na maioria das vezes vou descobrindo a letra aos poucos… até o dia em que leio a letra. Aí não esqueço mais. Isso aconteceu com esta música. Eu gostei dela bem antes de conhecer a letra toda… antes de saber que o Bono se inspirou no pai pra ecrevê-la. Ele até cantou essa música no funeral do pai. Eis o texto que aparece no inicio do video da música:

My father Bob worked in the post office by day and sang opera by night. We lived on the north side of Dublin in a place called Cedar Wood Road. He had a lot of attitude. He gave some to me – and a voice. I wish I’d known him better.

“Meu pai Bob trabalhava no correio de dia e cantava opera de noite.Nós morávamos na zona norte de Dublin em um lugar chamado Cedar Wood Road. Ele era bem genioso. Eu herdei dele um pouco (desse gênio)… e a voz. Gostaria de ter conhecido ele melhor.

Ela me passa a ideia de desabafo/confissão de uma pessoa que está num relacionamento, cansada de tentar dar certo sozinha. Talvez seja a voz melancólica dele, talvez seja a melodia… não sei, mas ouço na voz do Bono alguém tentando fazer a coisa dar certo com um/uma cabeça-dura. É o grito de quem tá convivendo com essa pessoa ‘custosa’, como dizia minha mãe, mas ainda assim quer fazer a coisa dar certo. Gosto muito dessa música por sua autenticidade. Vamos ver muito disso nas músicas do U2… letras autênticas nas quais, como na vida,  algumas vezes as coisas não acontecem do jeito que planejamos. Que os altos e baixos da vida chegam sem avisos. Por outro lado, elas também contêm um transbordar de sentimentos positivos… amor, graça, esperança, solidariedade, amizade, gratidão, e por ai vai.

Penso que ela serve pra todos nós como um alerta para cultivarmos nossos relacionamentos… seja com nossos pais, nosso cônjuge, nossos irmãos, amigos, etc. No caso do Bono, foi o seu pai. Provavelmente como muitos de nossos pais, um cara durão, fechadão, que acha que sabe de tudo. No nosso caso, quem é essa pessoa? Será que é você…será que sou eu? Será que tem alguém cantando essa música silenciosamente enquanto pensa em mim ou em você?  Cultivar nossos relacionamentos não é fácil. Isso envolve pedir ajuda, reconhecer erros, pedir perdão, abrir mão, dividir coisas e espaços, tudo aquilo que já estamos cansados de ouvir. Mas se conseguirmos lutar contra nosso instinto egoísta de satisfazer nossos próprios caprichos, colheremos muito mais além do que semearmos.

SOMETIMES YOU CAN’T MAKE IT ON YOUR OWN
ALGUMAS VEZES VOCÊ NÃO CONSEGUE SOZINHO
U2

Tough, you think you’ve got the stuff
Durão, você acha que é o cara
You’re telling me and anyone
Você diz pra mim e pra qualquer um
You’re hard enough
Que você é duro o bastante

You don’t have to put up a fight
Você não precisa começar uma briga
You don’t have to always be right
Você não tem que estar certo sempre
Let me take some of the punches
Deixa eu levar um pouco dos socos
For you tonight
Por você esta noite

Listen to me now
Me ouça agora
I need to let you know
Preciso que você saiba
You don’t have to go it alone
Você não precisa fazer tudo sozinho

And it’s you when I look in the mirror
E é você quando eu olho no espelho
And it’s you when I don’t pick up the phone
E é você quando eu não atendo o telefone
Sometimes you can’t make it on your own
Algumas vezes você não consegue sozinho

We fight all the time
Nós brigamos o tempo todo
You and I… that’s alright
Você e eu… tudo bem
We’re the same soul
Somos a mesma alma
I don’t need… I don’t need to hear you say
Eu não preciso… Eu não preciso te ouvir dizer
That if we weren’t so alike
Que se não fossemos tão parecidos
You’d like me a whole lot more
Você gostaria de mim muito mais

Listen to me now
Me ouça agora
I need to let you know
Preciso que você saiba
You don’t have to go it alone
Você não precisa fazer tudo sozinho

And it’s you when I look in the mirror
E é você quando eu olho no espelho
And it’s you when I don’t pick up the phone
E é você quando eu não atendo o telefone
Sometimes you can’t make it on your own
Algumas vezes você não consegue sozinho

I know that we don’t talk
Eu sei que a não conversamos
I’m sick of it all
Estou cansado disso tudo
Can – you – hear – me – when – I –
Você-consegue-me-ouvir-quando-eu
Sing, you’re the reason I sing
Canto, você é a razão pela qual eu canto
You’re the reason why the opera is in me…
Você é a razão pela qual a opera está em mim

Where are we now?
Onde você está agora?
I’ve got to let you know
Eu preciso que você saiba
A house still doesn’t make a home
Uma casa não faz um lar
Don’t leave me here alone…
Não me deixe aqui sozinho…
And it’s you when I look in the mirror
E quando eu olho no espelho é você
And it’s you when I don’t pick up the phone
E é você quando eu não atendo o telefone
Sometimes you can’t make it on your own
Algumas vezes você não consegue sozinho
Sometimes you can’t make it
Algumas vezes você não consegue
The best you can do is to fake it
O melhor que pode fazer é fingir
Sometimes you can’t make it on your own
Algumas vezes você não consegue sozinho

 

Essa música fala de relacionamento… tanto do lado real e difícil quanto das delícias que nos esperam se o cultivarmos. Por isso, deixo aqui alguns verso que nos apontam o caminho pra um relacionamento saudável com aqueles ao nosso redor:

  • Dt.5:16 Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR, teu Deus, te ordenou, para que se prolonguem os teus dias e para que te vá bem na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.
  • Pv 15:20 O filho sábio alegra a seu pai, mas o homem insensato despreza a sua mãe.
  • Pv 17:17 Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão.
  • Pv 18:24 O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais chegado do que um irmão.
  • Pv 27:10 Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade. Mais vale o vizinho perto do que o irmão longe.
  • Ef 5:25 Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,
  • Cl 3:13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai-vos;
  • Cl. 3:20 Filhos, em tudo obedecei a vossos pais; pois fazê-lo é grato diante do Senhor.
  • Cl. 3:21 Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados.

 

3 Replies to “Aprenda Inglês Cantando com U2 “Sometimes We Can’t Make It On Our Own””

  1. Olá, é a primeira vez que visito o site o me surgiu uma duvida: é essa realmente a tradução das letras das musicas porque o que se encontra em outros sites( não desmerecendo seu conhecimento) quando se compara a letra da musica e sua tradução existe um grande nexo entre ambas. Digo isso porque fiquei surpreso com tamanha diferença de interpretação das respectivas letras. E então, as traduções presentes aqui no site são as traduções mais fieis as originais???

    1. Olá, Jair. Obrigado por expressar sua dúvida em um dos melhores comentários que o Embromation.com já recebeu. Gostei tanto… e escrevi tanto :0) que resolvi transformá-lo em um post. Então, respondendo diretamente suas duas perguntas (“É essa realmente a tradução das letras das músicas?” e “As traduções aqui no site são as traduções mais fiéis as originais?”): As traduções do Embromation.com são todas de minha autoria. Sim, eu procuro ser o mais fiel possível ao original em inglês, segundo o meu nível de conhecimento de inglês no momento da tradução. Confesso que sou um tradutor predominantemente “literalista”. Tento adaptar o mínimo possível da letra original para que possamos entender cada palavra escrita pelo compositor. Não me preocupo em ajustar minha tradução à métrica, rima ou ritmo da música. Se acontecer, ótimo, mas não é meu objetivo. Lembrando que nosso objetivo aqui não é cantar a música em português. Isso seria uma versão. O objetivo do Embromation.com é cantarmos a música em inglês, entendendo o máximo do que estamos cantando.
      Você não encontrará aqui uma linha de tradução sequer que foi copiada de outro site ou outro tradutor. Inclusive todas fazem parte do meu exercício de aprendizado da língua que motivou a criação deste blog/site. Claro, certas frases, expressões e palavras podem coincidir com outras traduções, mas isso é normal. Também acho normal e saudável para nosso aprendizado notar as diferenças entre várias traduções. Se você quiser e puder, gostaria que postasse comentários e dúvidas específicas sobre as diferenças que você encontrou entre minhas traduções e as que estão por aí. Seria uma boa forma da nossa comunidade aprender crescer no inglês. Poste essas dúvidas dentro dos posts das respectivas músicas para ficar mais fácil pra galera acompanhar. TODAS as suas dúvidas serão respondidas.
      Sobre a “tradução definitiva”, eu gostaria de gentilmente desencorajá-lo a continuar essa busca. Você pode, em alguns casos, encontrar a tradução ou versão “oficial” da gravadora do artista, mas mesmo essa estará longe de ser a tradução definitiva. Gostaria, sim, de encorajá-lo a escrever as suas próprias traduções; traduções até mesmo das músicas já traduzidas aqui ou em outros sites. Esse exercício reforçará ainda mais a ideia de que não há traduções “definitivas”. Ao revisitar letra que você traduziu a três, quatro ou onze meses atrás, pode ser que uma expressão aqui, uma palavra ali ou mesmo um verso inteiro acolá exigirá sua revisão. Isso não é algo negativo nem deporá contra sua tradução de então. Pelo contrário, isso servirá de incentivo ao seu aprendizado. Será uma prova da sua evolução no inglês. Esse foi o objetivo inicial do Embromation.com. Decidi registrar minhas traduções e meus exercícios no inglês de forma pública para incentivar outros amantes do inglês, como você, a crescer nessa caminhada junto comigo.
      Existe um ditado em latim que diz “todo tradutor é um traidor”. Eu gosto muito dele. Essa “traição” a que se refere o “deitado” é o extravasar da peculiaridade e individualidade de cada tradutor em suas traduções. Muitos almejam esse objetivo, mas nenhuma tradução é feita em um “ambiente” hermético em que se exclui qualquer influência da alma e intelecto do tradutor Cada tradutor é único. Único em sua visão de mundo, suas experiências pessoais, seus conhecimentos e até seu sentimento em relação aquilo que ele traduz. Eu não sou uma exceção a esta regra (o ditado já virou regra :0). Eu também tenho a minha “bagagem” cultural que inevitavelmente estará presente em minhas traduções. Porem, posso te assegurar que me esforço ao máximo para publicar traduções que sejam o mais fiel possível a composição original. E não se preocupe… não me senti nem um pouco desmerecido pelo seu comentário, muito pelo contrário. Gostei tanto que o transformei em um post. :0)

Leave a Reply to Rosangela Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.